Buscar
  • adrianagonbueno

Álcool na gestação? Não pode!


Você sabia que o álcool é considerado um agente teratogênico comum, ou seja, uma substância que pode acarretar problemas no desenvolvimento fetal?


De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o álcool deve ser evitado até mesmo por tentantes. Não há quantidade segura para ingestão!


A substância é capaz de atravessar livremente a barreira placentária, deixando o feto extremamente vulnerável a condições como: prejuízo intelectual e anomalias congênitas.


Os efeitos da exposição ao álcool durante o pré-natal são irreversíveis!


As consequências variam de acordo com uma série de fatores, dentre elas a idade gestacional:


Primeiro trimestre: exposição associada a anomalias faciais e alterações estruturais;


Segundo trimestre: contato aumenta o risco de abortamento espontâneo;


Terceiro trimestre: uso ligado a alterações no crescimento.


Portanto, é essencial manter o cuidado com a saúde durante a gestação! Procure acompanhamento médico para a realização de um pré-natal adequado e esteja atenta às substâncias que possam prejudicar o desenvolvimento do bebê!


Dra. Adriana Gonzalez Bueno

CRM 176603 RQE 79903

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo