Buscar
  • adrianagonbueno

A mãe recém-nascida


Um bebê recém-nascido exige cuidados o tempo todo: trocas de fraldas, banho, amamentação, necessita de colo, aconchego e proteção. É um ser totalmente dependente da mãe, pai ou cuidadores.


Já falei várias vezes por aqui que a chegada de um bebê em casa transforma a vida e a rotina da família. Além de tudo isso, uma mulher no pós-parto sofre uma queda brusca de hormônios que mexem com os sentimentos e emoções.


É natural que as atenções estejam todas voltadas para o bebê, mas a mãe no puerpério precisa de tanta atenção quanto o recém-nascido. É aí que entra a rede de apoio, fundamental e indispensável neste momento!


Seja para auxiliar nas atividades domésticas ou cuidar do bebê enquanto a mulher descansa e, principalmente, para ouvir, acolher, equilibrar. Muitas vezes, a mulher pede ajuda com o bebê, mas, no fundo, o que ela precisa é de um abraço, um apoio emocional.


A palavra apoio significa amparar, firmar, sustentar. E é isso que uma mulher no puerpério precisa! Se sentir fortalecida para exercer a maternidade na sua melhor versão!


Dra. Adriana Gonzalez Bueno

CRM 176603 RQE 79903

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo