Buscar
  • adrianagonbueno

Luto da perda gestacional


A perda gestacional é um assunto que merece atenção. Afinal, o aborto espontâneo, por exemplo, é muito mais comum do que se imagina. Você sabia que a cada 10 mulheres que engravidam, 2 delas sofrem aborto espontâneo?


Independentemente de ser um aborto logo no início na gestação ou mais para o final (período perinatal, após 22 semanas de gestação), o luto e a dor dessa mãe devem ser respeitados. Nenhum luto é comparável e nunca devemos subestimar esta perda!


Assim que uma mulher descobre que está grávida, ela já começa a fazer planos e idealizar uma nova vida. E, quando de repente, tudo isso acaba e sai fora do controle, é natural que a mulher sinta essa dor. Ela é legítima e todos devem ser sensíveis e solidários a ela.


Muitas mulheres levam tempo para se recuperarem da dor e se sentirem prontas para engravidar novamente. O apoio emocional nesse momento é fundamental! Elas se sentem inseguras, com medo, na busca por respostas. Se você está passando por isso ou conhece alguém que está enfrentando este momento, procure ajuda profissional!


Dra. Adriana Gonzalez Bueno

CRM 176603 RQE 79903

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo