Buscar
  • adrianagonbueno

Medo da dor do parto


Quando você pensa em um parto normal, qual a cena que vem na sua cabeça? Todo mundo já assistiu algum filme em que a mulher grita e sofre muito na hora do parto, e é natural que a gente crie esse “medo”. Relatos de partos traumáticos e complicações durante o parto também fazem com que as gestantes se sintam inseguras e ansiosas com este momento.


O medo ocorre por vários fatores e não só por conta da dor, mas também por medo de não dar conta, da morte, de perder o controle, de ser dilacerada, de ter a sua feminilidade destruída...


Em alguns casos, essa ansiedade e medo são tão grandes que podem se tornar um transtorno mental, com desdobramentos negativos até mesmo após o nascimento da criança. Segundo um estudo publicado no British Medical Journal, mulheres que sofrem com medo do parto têm três vezes mais chances de desenvolver depressão pós-parto.


▫E como controlar este medo?


Não dá pra negar que a dor faz parte do parto e que não há como evitá-la totalmente. Porém, é muito importante pedir que o seu obstetra te explique em detalhes como vai ser o parto, quais são as formas de amenizar a dor e esclarecer todas as suas dúvidas para que você se sinta mais segura e confiante para o momento! Quanto mais informação você tiver, mais preparada você estará!


Além disto, o processo terapêutico antes do parto, que é a proposta do Enxoval Emocional, ajuda a mulher a desenvolver a coragem para passar por todos estes desafios. Assim, evitamos que a mulher solicite uma cesárea eletiva simplesmente pelo medo e insegurança de não dar conta do parto normal.


Dra. Adriana Gonzalez Bueno

CRM 176603 RQE 79903

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo