Buscar
  • adrianagonbueno

Não gosto de ser mãe


Gostar ou não de ser mãe não está ligado ao amor que se sente pelo filho(a). Pelo contrário, existem relatos de mães que amam muito seus filhos, mas não se identificam com a maternidade. É preciso deixar os julgamentos de lado para entender essas questões.


Ao se tornar mãe, é comum surgirem sentimentos de medo, angústia, ansiedade, incapacidade. É uma nova rotina que exige muito da mulher.


O papel de mãe é mais um dos inúmeros outros que a mulher desempenha. Existe uma cobrança interna e externas enormes que exigem que ela dê conta de tudo. Por isso, a rede de apoio é tão importante!


A mulher não tem que se sentir obrigada a conseguir equilibrar tudo tão facilmente. Muitas coisas demoram a entrar no eixo. A maternidade desperta na mulher questões profundas e que devem sim ser discutidas.


Ser mãe é um processo de ruptura, e entender esse processo como algo que, de fato, acontece, é importante. Vamos parar de idealizar e romantizar a maternidade. Cada uma sente e se adapta a tudo de uma forma diferente.


Se você é mãe e se identifica com esses sentimentos, não deixe de cuidar da sua saúde mental para enfrentar as situações de forma mais leve.


Dra. Adriana Gonzalez Bueno

CRM 176603 RQE 79903

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo