Buscar
  • adrianagonbueno

"Nasce uma mãe, nasce uma culpa?"


Filhos não vem com manual de instruções e o maternar é uma construção. Cada mãe age de acordo com aquilo que acha que é melhor para o seu filho(a)!


Quando a mãe entende isso, e passa a se ver como um ser humano vivendo uma experiência materna a seu próprio modo, automaticamente acende um alerta para se livrar da culpa.


Sabe por que isso não é normal? Porque não existe uma hora certa para voltar ao trabalho, ou se é melhor colocar na creche ou ter uma babá... Cada família tem a sua realidade e cada mãe vai ter seu modo de agir, vai errar e acertar e, com isso, vai aprender. É assim para tudo na vida, principalmente quando estamos aprendendo algo novo. Com a maternidade não é diferente! As escolhas cabem à cada mãe que devem internalizar de que elas estão dando o seu melhor!


“Mas eu já estou no terceiro filho e continuo me sentindo culpada, sinto que cometo os mesmos erros”


Os filhos são diferentes, ou seja, cada experiência é única. Quando você pensa que já está dominando algum quesito, surge outro e assim vai!


Se liberte da culpa. Você está aprendendo a ser mãe! Seja de primeira, segunda, terceira viagem... Essa é uma tarefa para a vida toda. Afinal, conforme os filhos vão crescendo, as necessidades vão mudando e outras cobranças vão surgindo.


Todo mundo tem as suas limitações e inseguranças, mas não podemos deixar que elas nos paralisem. Se essa culpa está te dominando, é necessário buscar ajuda profissional!


Dra. Adriana Gonzalez Bueno

CRM 176603 RQE 79903

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo