Buscar
  • adrianagonbueno

Qual a diferença de ser mãe depois dos 40?


“Primeiro vou me formar na faculdade👩🏻‍🎓, depois conseguir aquele emprego dos sonhos👩🏻‍💻. Aí chegam as obrigações do dia-a-dia, ainda tem aquela viagem ✈️que gostaria de fazer e o parceiro(a) perfeito(a) ainda não apareceu💔…”


A mulher vai adiando, adiando, quando se dá conta, já está na casa dos 40 anos, mas finalmente se sente pronta! ⏰


Será que muda mesmo alguma coisa nessa fase?! 🤔


Muitos dizem que os 40 são os novos 30, e realmente, hoje em dia, as mulheres 40+, nunca se sentiram tão jovens e dispostas.


Na fase de juventude, é normal que os planos sejam mais voltados para a vida profissional, a carreira dos sonhos, reflexos da sociedade em que vivemos, que nos cobra produtividade e independência. Por isso, as mulheres estão escolhendo, ou deixando para escolher, se querem ou não ter filhos cada vez mais tarde.


Há quem pense que nessa fase a vitalidade e a disposição serão menores, mas em muitos casos, costuma ser ainda maior. Quando a mulher está segura de suas escolhas e sente que a vida já está estabilizada e pronta para receber a criança, o cenário se torna muito diferente.


Sem dúvidas, a maturidade emocional, o autoconhecimento adquirido com o passar dos anos, e a sensação de já ter realizado o que queria quando mais jovem mudam a vivência da maternidade.


Apesar de, biologicamente, ser uma fase com mais dificuldades para engravidar e aumentar os riscos para gerar uma criança, com planejamento e acompanhamento adequados é possível levar uma gravidez saudável e tranquila.


🤰🏻A realidade é que a mulher deve ter filhos como e quando ela decidir que está plenamente preparada para tê-los. A melhor fase, quem escolhe é ela! 🙂


Dra. Adriana Gonzalez Bueno

CRM 176603 | RQE 79903

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo